Doce vida…

Uma gaivota branca, com asas de veludo, acaricia docemente o céu.
Nos lares corre uma seiva de vida.
A amplidão tem olhos latejantes de pirilampos.
E o muno galopa comigo do sul para o norte, no forte balanço da vida que avança.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s